5 dicas para uma vida sexual saudável durante o tratamento

Dr. Gilberto Amorim

Dr. Gilberto Amorim

O câncer de mama impacta diretamente a vida sexual de muitas mulheres. Por isso, nós separamos 5 dicas dadas pelo Dr. Gilberto Amorim, oncologista e conselheiro científico da Fundação Laço Rosa, para você manter uma rotina sexual prazerosa e saudável durante e após o tratamento.

1 – O poder do toque

O tratamento e a cirurgia podem alterar a sensibilidade do corpo, por isso, o médico é a melhor pessoa para orientar e medicar a paciente. O importante é saber se adaptar e entender que mesmo com a doença, é possível sentir prazer e satisfação.

2 – Mente aberta e confiança

Lembre-se: sexo faz parte da vida, é bom e saudável em qualquer situação. Mas, para isso, diálogo e companheirismo são essenciais. Para uma vida sexual mais interessante, é necessário expandir a visão de sexo do casal e inovar sempre. Capriche nas preliminares e aproveite o momento para aprender novas maneiras de fazer e sentir prazer.

3 – A autoestima é um poderoso afrodisíaco

Segundo o Dr. Gilberto Amorim, a melhor forma de recuperar a sua autoestima é ter em mente que essa fase é passageira. Saiba das suas qualidades e use peças que unam conforto e sensualidade. Se você perdeu cabelo, existem soluções como perucas, chapéus, lenços ou até mesmo não usar nada na cabeça. Para mulheres que passaram por mastectomia, já existem lingeries especiais e modernas. O importante é se sentir bem.

4 – Sinta-se à vontade no consultório

Busque um médico de confiança e que faça você se sentir confortável para conversar sobre sexo. Para isso, introduza o assunto de forma delicada, quase lúdica. Com o passar do tempo, isso não será mais um tabu para você e nem para o médico. A procura pode exigir paciência, mas achar o profissional certo para te orientar em cada questão vai fazer muita diferença.

5 – Aprenda a lidar com o que está acontecendo

É esperado que, durante o tratamento, a doença cause estresse emocional. Em um momento difícil, é muito importante contar com ajuda psicológica para poder lidar da melhor maneira com as mudanças físicas e emocionais que acontecem. Pratique exercícios físicos, yoga ou meditação. Essas são ótimas formas de relaxar e manter uma vida saudável e ativa.

Fonte: Fundação Laço Rosa

2018-10-15T14:58:26+00:00